Carolina Bezerra


Apelido: Carol
Idade: 18 anos
Aniversário: 11 de Janeiro
Email: betacbezerra@gmail.com
Twitter: @betacbezerra

Oi, gente! O meu nome é Carol e eu sou de Belém, do que se segue que eu adoro banhos de chuva e sorvete de tapioca. Atualmente moro em Brasília, do que eu realmente não sei o que se segue porque estou aqui há poucos meses. Também sou escritora como vocês, então eu entendo muito bem todos os dramas, bloqueio criativo, pesquisa exaustiva (alô, Google Earth), depressão pós-término, personagens autosuficientes que decidem sozinhos o rumo da história... Essas coisas.
No mais, eu sou apaixonada por livros (mas vocês já esperavam por isso). E estou escrevendo um! Escrever dá trabalho. À beça.
Meus hobbies são História da Arte, séries de TV diversas, filmes clichês de ensino médio americano e inventar coisas pra fazer durante aulas maçantes.
Estou cursando História na UnB e sou viciada em Revolução Francesa. Por fim, sou stormer e coldplayer de carteirinha, potterhead sempre e poetisa amadora nas horas vagas. Se existe um fandom para pizza de pepperoni com borda de requeijão, faço parte também. Meu grande sonho é ser poliglota e casar com o Dan Smith.

Bandas favoritas:
Bastille
Coldplay
Green Day
Lana Del Rey
Red Hot Chili Peppers

Livros favoritos:
A Place of Greater Safety - Hilary Mantel
O Diário de Anne Frank - Anne Frank
A Revolução dos Bichos - George Orwell
Becky Bloom (Shopaholic Saga) - Sophie Kinsella
Harry Potter (Saga) - J.K Rowling
Percy Jackson (PJO e HDO) - Rick Riordan

Filmes favoritos:
Os Miseráveis
Frozen - Uma Aventura Congelante
Teen Beach Movie
Danton - O Processo da Revolução
Tempos Modernos (Chaplin)

Fics favoritas:
Biology
Sex On Fire
Hyperthermia
Yellow Lemon Tree
Forest On Fire

Fics da autoria:
Não tenho fics publicadas.

Dica para as autoras: Meninas, em primeiro e único lugar, escrever tem que ser prazeroso! É um conselho polêmico, eu sei, mas honestamente? Esqueça tudo e se divirta, porque é assim que a sua história se tornará agradável de verdade. Até os escritores profissionais precisam amar o que fazem para publicarem uma coisa boa – por que não nós, que escrevemos fanfics? Além disso, a partir do momento em que você se apaixona pela própria história, você se preocupa com ela, e faz de tudo para melhorá-la. Então não pense no reconhecimento, na pressão para fazer um texto impecável, no número de comentários e nem na erudição. Apenas se divirta!


Fictions em andamento que beta:
Clique aqui para ver!