CAPÍTULOS: [Capítulo Único]









Última atualização: 27/05/2016

Capítulo Único


A guerra tinha acabado, se bem que poderia se chamar uma guerra, que por fim, teve o ideal de ajudar a humanidade; Depois de quase dois anos já podia andar calmamente pelas ruas de New York sem ser culpado por algo ou por algum fato. O clima entre os Vingadores já tinha se tranquilizado, ambos os lados estavam calmos e com acordos já colocados em primeiro lugar. Os Novos Vingadores já estavam sendo treinados por todos, até pelos robôs de treinamento do Stark. Isso mostrava que tudo estava em seu lugar, ou quase tudo.
Depois de um tempo na base dos Vingadores, e tentando conciliar com tudo a sua volta, conheceu uma das Armas X, que a treinou por longo tempo, Malik. Apesar de ambos não manterem uma relação muito amigável, eles pelo menos tentavam, não tinha como, já que sua aliada e parceira de missões, já serviu e executou missões para a H.Y.D.R.A ao fugir da Arma X? tinha suas duvidas, mesmo ela tendo mudado de lado e jurado de é junto que ela, nem em seus sonhos, iria repetir os mesmos erros novamente.
tentava confiar nela desde o memento que ela salvou sua vida em uma das missões, mas isso não mudava nada, a única coisa que mantinha calmo e um tanto quando compreensivo para não ficar discutindo com era... Aquela pequena atração pelo o corpo de e também pela beleza dela.
Com não era diferente, ela já estava acostumada com a desconfiança de , ela poderia fazer de tudo, mas ele sempre iria apontar como a primeira em fazer uma conspiração ao governo e aos heróis; Desde o momento que os Vingadores se juntou a S.H.I.E.L.D, recrutaram Malik por livre e espontânea vontade, ela passou por vários possessos de treinamentos físicos e psicológico e também teste para saber mais sobre seus poderes. E claro, ela teve que aprender a lidar com a ira e a raiva que sentia de , já que acidentalmente, ele matou seus pais, mas nada que o tempo ajudasse a curar tudo o que ela sentia.
Durante uma das reuniões casuais entre os Vingadores, Wanda fez um anúncio ao lado de seu irmão, algo que iria muito mexer com ambos os heróis.
- Eu sei que o aniversário é meu e do meu irmão, mas resolvemos entrar em um acordo. – Wanda falava ansiosa. – No primeiro domingo do próximo mês, Junho, vou comemorar meu aniversário em um dos salões dos hotéis em Las Vegas e sim, quero todos presentes. – Wanda terminou o anúncio e entregou os convites.

“Você está sendo convidado para a festa de Wanda;
Local: Hotel Whynn, às onze horas.
Espero por você.
Traje: Black e White”

– Pode levar acompanhante? – Malik perguntou.
– Tenho certeza que estaria escrito. – falou baixo, mas em um tom que Malik pôde ouvir e se irritar.
– Pode, sim, .
– Pretende levar quem? – Romanoff falou, se virando para a garota.
– Um garoto que conheci recentemente.
– Pode levar sem problemas. – as amigas riram.
podia muito bem não ter nada haver com a vida de , mais se irritava profundamente quando ela tocava no assunto levar alguém. Ele agradeceu o convite e disse que talvez fosse comparecer, nada com muita certeza, pois tinha planos com uma “amiga” e não queria desmarcar, já que estava muito em cima da hora.
Uma semana se passou, já tinha escolhido seu vestido e seu salto junto com Natasha e Wanda.

4 de Junho 2016.

estava hospedada em um quarto de hotel, esperava o horário para poder se aprontar; Lá pelas dez horas ela se arrumou, colocou seu vestido preto com um decote sexy nas costas e com um decote coração no busto, calçou seu salto alto preto, deixou seus cabelos pretos soltos e por último, marcou seus lábios com um batom vermelho. Pegou sua bolsa e foi em direção ao elevador. Ao chegar ao hall do salão, os olhares se voltaram todos para ela, não fazendo com que a atenção fosse apenas para ela e não para aniversariante, afinal, ela só iria chegar às onzes da noite, e aqueles convidados ali tinham chegado um pouco mais cedo. por onde andava calmamente chamava atenção, também aquele vestido justo marcava muito bem suas curvas brasileiras.
não tinha tanta presa para poder chegar ao local do evento, mesmo sendo uma festa de uma de suas amigas, ele sabia que quem ele mais desejava ver e tocar não estava lá. Saiu de seu carro e entregou a chave para o manobrista, cumprimentou o segurança e foi direto para o balcão de informação, fez uma pergunta, mas logo já teve a pergunta respondida com um “Por ali”. entrou no salão e passou os olhos por cada convidado, alguns familiares, outros não; Pegou uma taça de champanhe que o garçom lhe ofereceu, saiu andando rumo aos conhecidos.
– Achei que você não ia vir. – Natasha cumprimentou . – Mudanças de plano.
– Ela já estava vin... Ali a aniversariante.
se virou para prestigiar a amiga, mas seus olhos pararam em uma única mulher sozinha ao fundo do salão; Ela estava completamente entretida com alguma mensagem no celular que nem se quer reparou que sua amiga já estava no salão. Wanda agradeceu um por um, principalmente e Romanoff. Os três estavam conversando sobre a festa e a atenção de estava completamente voltada para o assunto até...
– Oi Wanda. PARABÉNS! – disse, dando um pulo no pescoço da amiga.
– Oi, , obrigada.
– Pede para entregar seu presente lá no quarto, chegou no meio tempo que você estava lá? – deu um gole em seu vinho tinto.
– Sim, eu agradeço, é maravilhoso.
– Por nada, oi Nat. – deu um beijo em Romanoff. –. – e como sempre aquele clima pesado entre eles, ambos só deram um aperto de mão, bom, deu uma boa checada no vestido de .
– Nat, vamos comigo até o toalete. – Wanda fez um sinal para manter os dois a sós.
– Eu...
– Podemos conversar? – perguntou.
-Sim.
– Eu não sei o que comprar para ela.
– É serio? Achei que fosse outra coisa. – encostou no balcão do bar.
– E você queria o quê?
E lá vai mais uma briga começar entre eles.
– Não sei, um assunto que seja interessante, independente do quê.
– Quer que eu fale o quê?
– De como você se arrepende de ter duvidado de mim todo esse tempo e que sou mais incrível do que você pensava que eu era.
– Nos seus sonhos.
–... É outro sonho. – falou em um sussurro.
– O quê?
– Nada.

It's Our Paradise and it's Our War Zone Repita o quando for preciso...

olhou para a curva de e não pode evitar que sua mente brincasse com aquele corpo moreno. A brincadeira voou tão longe, que ele se despertou quando faltavam centímetros para poder colar seu corpo no corpo de .
– Está tudo bem? – a garota perguntou.
– Você está muito bonita nesse vestido.
– Obrigada. – agradeceu envergonhada.
abaixou a cabeça e com esse movimento sutil, passou a ser um convite para ele. tirou o cabelo que cobria o pescoço de e colocou para trás; O corpo da garota se arrepiou com o toque de em suas costas. desceu sua mão pela costa dela em um toque completamente leve, onde fazia cada parte se arrepiar. depositou um beijo calmo e suave no pescoço de , que a mesma precisou morder os lábios para poder conter sua voz.
Podia ser o desejo de ambos estarem fazendo com que seus corpos estejam reagindo daquele modo, podia ser o vestido completamente provocante de Malik, podemos dizer que isso contribuiu com vários por cento para deixar completamente excitado, mas se aquela maldita música, com aquela maldita letra não tivesse tocando, ambos, mas principalmente, , teria controlado toda aquela situação.
– E-eu acho que deveremos, conversar e-em um lugar mais claro. – sugeriu.
– Sim. – a voz de saiu roca e provocante e sedutora.
Malik e foram a caminho do elevador, com a mão em seu bolso para poder esconder o volume de seu membro e Malik dava uma leve procurada na música pelo Spotify para poder deixar tocar em quando eles conversavam.
O elevador chegou e por sorte estava vazio. entrou na frente rebolando propositalmente. O elevador fechou a porta e imediatamente prensou contra a parede do ambiente.
– Pare de me provocar...
– Eu não estou fazendo nada, . – falou em um sussurro provocando mais ainda .
– Certeza? – prensou mais ainda seu corpo contra o de , que a mesma arqueou as costas por conta do contato da parede gelada do elevador.
– Sim, demorou muito... Estava já na hora. – ela envolveu seus braços no pescoço dele.
– Não levo muito jeito para isso.
– Aproveita, antes que começamos a brigar novamente.
– Aproveitar? Essa é a graça... It's our paradise and it's our war zone. – ele recitou o trecho da música e a beijou. – Mas eu acho que é melhor conversamos depois.
– Se você tiver fôlego.
terminou sua frase e saiu do elevador, pegou o cartão-chave e abriu a porta do seu quarto, jogou sua bolsa em cima do sofá e seu celular que tocava a mesma musica na festa e virou para , que o mesmo já estava muito próximo de seus lábios. Ele se encostou no encosto do sofá e puxou para um beijo quente com desejo e pegada. A cada movimento dos lábios, puxava e apertava mais a cintura de , e com todos os apertos em sua cintura, Malik deixava alguns gemidos saírem pelo pequeno espaço que tinha entre seus lábios.
passou sua mão por todo o corpo da garota, em busca de achar o fecho do vestido e para poder conhecer cada centímetro do corpo de ; Em quando ele procurava, desceu seus beijos para a mandíbula, puxando suavemente o cabelo, dando leves mordidas e foi a caminho do pescoço do herói, onde deixou varias marcas de mordidas e chupões, enquanto fazia seu trabalho, ela soltava o nó da gravata e os botões com suas mãos.
Mesmo o vestido sendo literalmente justo ao corpo de Malik, ele puxou para cima de modo com que ele pudesse colocar suas mãos até as nádegas da garota e levantá-la para colocar em seu colo, e levá-la até a cama do hotel. beijava o pescoço e o colo da garota enquanto ela guiava os passos dele para a cama. só parou quando sentiu suas pernas encostarem-se à cama; Com delicadeza, ele colocou sobre a cama, mantendo seus braços do lado da cabeça de Malik, ele a beijava intensamente e ferozmente, a vontade dele tirar aquele vestido preto era tão urgente que ao mesmo tempo em que ele descia seus lábios pelo corpo, ele puxava as duas alças do vestido sem se importar se iria rasgar ou se tinha outra forma mais pratica.
Para a surpresa dele, Malik estava sem sutiã o que deixou mais ainda o membro de ereto e mais duro do já estava. Ao chegar na barra de peça intima de , ele depositou vários beijos naquela região fazendo com que sentisse mais prazer e a necessidade dele tocá-la o mais rápido possível. Ele levantou seu corpo e soltou as duas fivelas do salto de e enquanto isso, ele tirava seu sapato social. Ao terminar de tirar o salto, colocou as duas pernas de Malik envolta de sua cintura e deslizou suas mãos por elas fazendo ficar mais ainda sem controle de sua respiração e de sua voz. Consequentemente ela soltava vários gemidos baixos, em um ato único e rápido, ele puxou o restante do vestido e a peça intima de Malik, a velocidade foi tão grande que se pôde escutar um leve som de algo estourando ou rasgando, e jogou peça para trás.
segurou os lençóis da cama com tanta força que a maioria já estava tudo fora de lugar, ela inclinava a cabeça e para trás como seus olhos fechados toda vez que sentia o toque de em sua intimidade, era tão prazeroso que nem conseguia domar o êxtase do toque e seus poderes juntos, o que deu no resultado que algumas coisas saíram do lugar e também a musica do seu celular começou a tocar mais alto. Os movimentos dos lábios de aumentavam a cada gemido que soltava, a cada falha de recuperar o fôlego que ela tinha, era um prazer imenso de vê-la daquele jeito arqueando as costas com os olhos fechados sentindo suas mãos puxando seus cabelos nada delicadamente e escutando para ele ir mais rápido e para não parar. Ele só parou quando percebeu e sentiu que ela estava chegando ao seu Clímax.
subiu seu corpo para ficar de frente com a garota, para que ambos pudessem puxar mais oxigeno para poder continuar, mas como ele já tinha torturado seria vez dela de tortura-lo também. Em um movimento rápido ela se virou ficando em cima de , ela sentou em cima de seu membro, que ainda estava cobertor pelo tecido, e rebolava lentamente apoiando suas mãos no tórax, para um homem daquele, essa era uma das piores torturas. terminou de soltar os últimos botões da camisa social de e também a fivela e o botão da calça.
Ela encostou seu corpo ao do , e cochichou algumas palavras.
So we'll piss off the neighbours.
tirou os travesseiros da cama e colocou ela deitada no lugar dele, ficando por cima de , ele tirou sua calça social e sua box. começou a roçar seu membro na intimidade de , que a mesma ao sentir o toque, apertou as costas de com suas unhas tão forte que ele aperou sua mão no colchão. Depois disso, eles não queriam mais delongas, precisavam sentir um dentro do outro, urgentemente. então se movimentou para se ajeitar entre as pernas da garota, sem nenhum aviso, colocou todo seu membro dentro dela que a mesma soltou um gemido mais alto que os outros e arranhou mais ainda as costas e os braços de . A cada estocada, ele aumentava o ritmo e a força, aqueles gemidos ao pé do seu ouvido só o excitavam ainda mais ele não tinha mais controle sobre seu corpo, ele só desejava manter aquele ritmo e aumentar mais ainda e satisfazer ele e ela.
Estava tão intenso o sexo entre eles que podia ter a certeza que a força de fez com que a cabeceira da cama se soltasse de tanta batidas na parede.
aproveitou a mudança de velocidade para poder mudar de posição, ficando por cima dele, mas sentou na cama e encostou na cabeceira e deixou que Malik fizesse todo o trabalho; sentou em seu membro e rebolava e cavalgava lentamente, ela aumentava o ritmo a cada aperto em sua cintura. Aquela visão daquela mulher gostosa só aumentava o tesão de , ele deslizava sua mão por toda extensão do corpo dela e beijando cada parte dos seios de e às vezes, alterando para os lábios carnudos de com leves puxões de cabelo.
Fucking in, and fighting on. cantou em quando cavalgava no membro de .
A noite toda foi apenas repleta de prazer muitos arranhões, puxões de cabelos, apertos e força de ambas as partes. já não aguentava mais manter o peso de seu corpo naquela posição, de quadro, mesmo tendo a estabilidade ela já estava chegando ao seu Clímax novamente e ela não era a única, também estava. Ele soltou a mexa de cabelo que estava em sua mão e passou a mão da extensão do pescoço, segurando-a um pouco, até a cintura dela. Sem parar o ritmo, deitaram e aumentaram mais o ritmo; e sentiram uma explosão dentro deles algo indescritível, aquela sensação de tudo estava sendo completo dentro de ambos invadiu ambos que os dois tiveram que se conter para não gemer mais algo que normal, arqueou suas costas e jogou sua cabeça para trás e logo caiu em cima do tórax dele.
Ficaram ali deitados, retomado o fôlego e processando tudo o que tinha acontecido; eles queriam isso fazia mais de anos, desde o dia que eles se beijaram por impulso.

Algumas horas depois.

A musica ainda tocava, a bagunça do quarto estava completamente de deixar qualquer um perdido, estava deitava, nua, no tórax de com sua perna sobre a dele , que também estava nu, acariciava a coxa de e conversavam calmamente como se nunca tivessem se estranhando na vida.
– Acho que demorei muito para aceitar que você mudou. – falou olhando para olhos de .
– Eu vim da Hydra, seria quase impossível você não ficar sempre desconfiado.
– Me desculpa. – pediu sincero.
– Claro que eu desculpo, mas aceito as brigas, gosto delas às vezes, ela dava em resultados incríveis.
disse aquilo, pois eles já tinham brigado várias vezes e acabavam se acertando na cama.
– Pela minha parte, você já sabe a resposta.
– Ainda bem. – sorriu.
– Saiba que você é a única que consegue me fazer ficar cem por cento sem fôlego.
– Obrigada pelo elogio.
Eles riram.
... – a chamou.
– Sim.
– Eu te amo...
– Eu também te amo ...
selou seus lábios com um beijo clamo e tranquilo. Depois daquele dia, pediu em casamento, mas como sempre, eles brigavam e se acertavam na cama com muito amor e desejo.


Fim.



Nota da autora: (27.05.16) Oi Agentes, espero que vocês tenham gostado, depois de uma leve pesquisa eu vi que fazer interativa iria agradar todos os gostos de heróis e anti-herói (Deadpool s2)
Qualquer erro ou qualquer informação podem me avisar.
Queria ressaltar aqui os locais que vocês podem acompanhar as atualizações e informações das fanfics no (Grupo) e fazer perguntinhas no (Ask.fm). <3.






comments powered by Disqus




Qualquer erro nessa atualização são apenas meus, portanto para avisos e reclamações somente no e-mail.
Para saber quando essa linda fic vai atualizar, acompanhe aqui.



TODOS OS DIREITOS RESERVADOS AO SITE FANFIC OBSESSION.