Indicações temáticas #001

Publicado por Vivi em 21 de maio de 2016

Vocês comentaram e mais uma vez o FFOBS resolveu colocar as sugestões em prática! Hoje, inauguramos uma novidade na Equipe de Indicações: as indicações temáticas! Isso significa que no terceiro sábado de cada mês, faremos um post apenas com histórias sobre um tema predeterminado com a equipe e amplamente solicitado por meio de nossas redes sociais.
Para estrear, a escolha foi por fanfics de Época. Esperamos que gostem da novidade e façam bom proveito das indicações abaixo.

Me Encontre à Meia-Noite by Maria P
Restritas – Em Andamento
Indicada por Cherry

Naquela época, as mulheres não tinham o direito de escolha. Seus pais escolhiam seus maridos desde cedo e era assim que seria. Mas ela não queria isso pra si. Queria ser médica e cuidar dos outros. E mesmo finalmente conhecendo seu futuro marido, não se sentia confortável com a situação. Mas ao ouvir murmurinhos de que uma guerra está para começar, com certeza tudo poderá mudar..

11. Witchcraft by Berrie
Ficstape #22: Fifty Shades Of Grey
Indicada por Angélica B.

Todos sabiam que ninguém devia tentar se aventurar pelas terras do norte, além de Farfalla, onde as bruxas nórdicas viviam, afinal, ninguém que já tenha pisado nas terras de Sorella tinha voltado. Mas quando sua melhor amiga se torna uma bruxa nórdica, ele não consegue vê-la como uma ameaça. Infelizmente esse não era o mesmo pensamento dela, por isso ela faz com que ele, seu vizinho e melhor amigo, se esquecesse de toda e qualquer memória que podia ter com ela. Anos depois, consumido pela sede de vingança, ele se torna um caçador de bruxas que busca aquela que foi responsável pela morte da sua mãe. O destino colocará os dois amigos no mesmo caminho de novo, mas dessa vez ele como caçador e ela como a caça dele.

You are my reign by Maria
One Direction – Em Andamento
Indicada por Lucky A.

Após a morte do Rei Charles I a princesa acaba de assumir o trono, tornando-se assim rainha da Inglaterra, Escócia e Irlanda. Mesmo de luto pela morte do pai, a moça ainda consegue governar seu reino com maestria. A garota sabe que fora prometida ao príncipe da França quando os dois ainda eram crianças, mas está determinada a anular esse casamento. Ora essa, pode ser muito bem uma rainha solteira!
É claro que poderia ter sido a melhor delas, mas no ano de mil e seiscentos ninguém pensa assim. Para eles, a mulher só serviria para dar herdeiros ao trono. Como lutar contra todo o machismo contido em volta de si? E pior ainda, como lutar com o sentimento crescente em seu peito toda vez que põe os olhos no príncipe que tanto afirma odiar?

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários