Postado por Vivi às 22:53 em 08/10/2013

Todos os meses autora, fic e shortfic do mês são escolhidas pelo twitter do site. A autora do mês tem direito à entrevista, e agora as outras premiações também terão um espacinho para destaque nos posts. É o nosso singelo “Parabéns” a elas.
Depois de decididas, as autoras das fanfics escolhidas por votação redigirão um pequeno texto sobre a própria história ou liberarão um teaser. Se em algum momento surgiu a curiosidade sobre o que era a fic/shortfic do mês, agora é a hora de conhecê-la pelas mãos das autoras.

 Je Suis A Toi, Fletcher by Vanvis — Shortfic do mês de setembro
“Geralmente, o ser humano tem seu ponto fraco, seu momento de loucura. Algumas pessoas acreditam que nem sempre isso pode acontecer, mas, para ela, Thomas Fletcher sucumbiria a isso. Durante anos ela sonhou com ele, como seria beijá-lo, tê-lo. O impossível era mais instigante, e por mais que suas amigas afirmassem que Danny fazia mais o seu tipo, nunca soube explicar o que sentia pelo garoto, até tê-lo pertinho. O que levaria ele a corresponder esse desejo? Seria Tom o nosso garotinho comportado? Ou aquele garoto sexy que ela sempre sonhou?”

Mãe de Aluguel by Ju — Fic do mês de setembro
“A fic conta a história de como pessoas com passados diferentes e realidades distintas podem se tornar congruentes em algum momento da vida. Temos uma garota problemática, que perdeu os pais muito nova e, então, ela se envolve com seu irmão mais velho quando se encontra confusa diante de seus sentimentos. O passado da principal foi muito conturbado, e ela, como qualquer outra pessoa, ainda carrega alguns desses fantasmas, o que a faz ter uma personalidade forte, porém bastante retraída. A história é focada a partir do momento em que ela vai trabalhar em uma fábrica de metalurgia onde o personagem principal é o único filho do dono da empresa, ele trabalha em um dos lócus de lá. Ele também tem seus próprios fantasmas, como a perda da esposa e de um de seus filhos. É um personagem marcante, que se deixa levar pela emoção, mesmo que não deixe isso transparecer da forma correta, mas, ao mesmo tempo, apaixonante quando vemos a forma com que ele trata sua única filha. Os dois, mesmo que sem saber, são vítimas – em intervalo de espaço e tempo diferentes – de coisas parecidas e arquitetadas da mesma forma e, juntos, tentarão fazer com que um plano, talvez ousado diante da perspectiva moral, funcione: um relacionamento por contrato, onde a principal se torna namorada e mãe de aluguel.”

Todos os textos publicados foram redigidos pelas próprias autoras. Para ler os outros posts, clique aqui.






Nenhum comentário em “Promove #006”