11. Bad Reputation


Última atualização: 03/07/2019

Único



CMA - 2017

- Fala sério, Mendes. - Brian bufou jogando a toalha no rosto do amigo. - Camila está sabendo que você não vai à festa dela?
- Ainda não, Brian. - Largou o celular em cima da poltrona. - Ela vai pirar, então só vou dizer quando...
- Vai dizer o quê, quando e para quem? - Camila disse entrando como um furacão no camarim de Shawn.
- Ele não vai na sua festa. - Brian disparou e ele quis matá-lo.
- Como é que é, Mendes? - Parou à frente de Shawn com as mãos na cintura.
- Eu tenho um compromisso. - Mentiu mordendo as bochechas. Ela riu pegando-o no flagra. - É verdade.
- O que você tem de tão importante que vai te impedir de ir? - Cruzou os braços com o olhar desconfiado. Droga.
- Tá bom. - Bufou tapando os olhos com as mãos. - Eu vou estar cansado do show, Camila.
- E daí, Mendes. Você já fez isso outras vezes. - Jogou-se ao lado de Mendes no pequeno sofá e beliscou sua barriga. - Você não tem desculpas.
- Camila... - Tentou outra vez ouvindo um resmungo dela.
- Você vai. Nem que seja para ficar cinco minutos. - Bagunçou-lhe os cabelos e Brian riu. - Você faria isso com a sua melhor amiga?
- Deixa de ser chantagista, Camila. - Falou derrotado. Minha amiga e seus dramas, pensou. - Não vou demorar.
Camila o abraçou gritando ao se levantar e Andrew abriu a porta interrompendo-os.
- Cinco minutos, Shawn. - Sorriu para a morena ainda abraçada ao torso do mais alto. - Oi Cams.
Saiu do camarim depois de receber um sorriso de Camila e ela o soltou.
- Obrigada, pernalonga. - Estalou um beijo na bochecha de Mendes.
- Argh, que apelido idiota. - Resmungou dando as costas para a morena.

Shawn saiu do camarim com seu violão nas costas deixando os amigos rindo de sua cara. Encontrou Andrew no caminho para o palco e o homem lhe entregou o microfone e uma garrafa d'água.
- Quatro músicas, Shawn. - Andrew alertou. O menino adorava prolongar suas apresentações. - O Bieber ainda vai cantar.
Shawn assentiu bebericando a água da garrafa e devolvendo-a ao empresário.
- Se eles pedirem mais uma, eu não vou negar. - Riu e correu para o palco quando o início de There's Nothing Holdin' me Back soou. Andrew negou com a cabeça.
- Esse menino não tem jeito.

Ao fim da quarta música, o público pediu bis. Shawn adorava a energia que o público emanava, então quando pediam mais, ele atendia. Pensou em usar o violão para tocar essa, já que não a havia ensaiado com os músicos da premiação, mas ele adorava cantar à capela. O público delirava e seus olhos enchiam-se de lágrimas ao ouví-los.

She got a bad reputation
(Ela tem uma má reputação)
She takes the long way home
(Ela pega o caminho mais longo para casa)
And all of my friends seen her naked
(Todos os meus amigos a viram nua)
Or so the story goes
(Ou é o que dizem)
Mistakes, we all make them
(Erros, todos nós cometemos)
But they won't let it go, no
(Mas eles não vão esquecer)
'Cause she's got a bad reputation
(Porque ela tem uma má reputação)
But I know what they don't, mmm
(Mas eu sei o que eles não sabem)

Shawn cantava sentindo toda a energia que as pessoas ao seu redor mandavam para o palco a cada verso cantado. Os olhos molhados do menino permaneciam fechados, deixando que a música e as vozes penetrassem em si.

And I don't care what the say about you, baby
(E eu não me importo com o que dizem sobre você, amor)
They don't know what you've been through
(Eles não sabem o que você passou)
Truste me, I could be the one to treat you like a lady
(Confie em mim, eu poderia ser o único a te tratar como uma dama)
Let me see what's underneath, all I need is you
(Me deixe ver o que está por baixo, tudo o que eu preciso é você)

She got a bad reputation
(Ela tem uma má reputação)
She takes the long... way home
(Ela pega o caminho mais longo... para casa)

Não se impediu de derrubar algumas lágrimas ao ouvir os aplausos de pé de toda a plateia. Aquela era uma visão que o homem amava e fazia todas as noites mal dormidas em shows, ônibus de turnê ou até mesmo quando não pregava os olhos porque uma nova música surgia em sua mente. Agradeceu e saiu do palco sendo abraçado por Cams, Brian e Andrew.
- Cara, esse à capela foi lindo. - Brian exclamou animado.
- Estou extasiada. - Camila disse, os olhos brilhantes demonstrando todo o orgulho que sentia pelo talento do amigo.
- Você faz isso com amor. Por isso eu adoro trabalhar com você. - Andrew declarou apertando mais o menino em seus braços.
Ainda estavam comemorando quando Bieber passou pelo grupo.
- Parabéns, mano. Foi de arrepiar. - Cumprimentou Mendes. - Vai ser difícil te superar depois dessa. - Exclamou fazendo Shawn e os amigos rirem. - Essa é a , minha namorada. - Apresentou a loira ao seu lado e ela cumprimentou os demais.
Bateram papo por alguns minutos até o empresário do loiro interromper chamando-o para a apresentação.
- Minha vez. - Beijou a bochecha da namorada, deixando-a para trás com o resto do grupo.
Não se demoraram ali pois Mendes estava concorrendo à algumas categorias e ele precisaria estar na plateia caso vencesse alguma. Sairam do backstage deixando sozinha à espera do namorado.

Apesar de não ter vencido nenhuma categoria no CMA, Shawn estava feliz. Sua apresentação tinha sido linda e já repercutia nas mídias sociais como uma das melhores do homem e tudo que podia sentir era orgulho e gratidão. Seu fandom era incrível e fazia tudo valer a pena.
A alegria do sucesso da noite era tão grande que nem reclamou quando fora arrastado da premiação para a festa de Camila.
- Graças a Deus você não está com aquela cara de bunda. - Camila disse provocando o amigo.
- Eu não faço cara de bunda, Camila. - Empurrou a amiga com os ombros e os amigos riram. - Que foi?
- Você faz sim, Mendes. - Andrew afirmou. - Exatamente como está fazendo agora. - Apontou para o rapaz arrancando uma risada de Camila.
- Desfaz essa cara feia por que ainda não tiramos fotos. - Puxou Mendes pela casa à procura de Connor. O homem estava tirando fotos de um casal à beira da piscina. - Ei, meu fotógrafo favorito. Bate uma com meu amigo mau humorado. - Provocou Mendes e o mesmo beliscou sua cintura.
Posicionaram-se de forma à diminuir a diferença de altura entre os dois, mesmo sabendo que era impossível, e sorriram para o flash do amigo.
Alguns minutos - e muitas fotos depois - e Shawn caminhava para o bar. Pediu um shot de tequila e o bebeu, dispensando limão e sal oferecidos pelo barman. Correu os olhos por todo o ambiente e decidiu divertir-se essa noite quando seu olhar focou na loira, sentada sozinha à beira da piscina. Franziu o cenho para a cena, procurando o namorado da menina. Encontrou-o conversando com Selena e, pelos gestos enérgicos, ele parecia insistir em algo que a moça não queria.
Aprontou-se para acudí-la quando a viu sorrir para ele e segurar sua mão, sumindo por um corredor à esquerda do bar.
Suspirou bravo por ter presenciado a cena. A loira sozinha à piscina nem imaginava que o namorado à estava traindo, talvez até estivesse esperando por ele.
Pediu mais dois shots de tequila e caminhou até a mulher.
- Pensei que estivesse precisando de um desses. - Ofereceu um dos shots.
- Talvez você tenha acertado. - Aceitou o copo virando em seguida.
- Quer me dizer o por quê? - Questionou sentando ao lado da loira.
- Assim que Selena pisou nesta casa, Justin decidiu que era melhor ficar solteiro - Bufou olhando para a piscina.
- O quê? - Mendes perguntou indignado.
- Tudo bem, ele já fez isso outras vezes. - Suspirou batendo os pés na água. - Estou acostumada.
- Não deveria estar, . - Tocou a mão da moça. - Não deveria se submeter continuamente à um relacionamento onde te tratam dessa forma.
Segurando as mãos da moça, Shawn pôde perceber o quanto Justin mexia com a menina. Ela parecia apaixonada pelo homem, apesar de triste por mais uma vez ter sido trocada.
Permaneceram em silêncio por tempo suficiente para Justin voltar e chamar para ir embora. A mulher se levantou lançando um último olhar ao moreno ainda sentado à beira da piscina. Talvez ela ainda demorasse a perceber que Shawn estava certo.

...


- Na boa, tu só encana com mina impossível, puta merda. - Brian bufou jogando o corpo no sofá da casa do homem.
- Cala a boca. - Jogou a almofada no amigo. Há dias não parava de pensar em e em quão triste deveria estar ao ser trocada pela enésima vez pelo namorado. - Ela não merece passar por isso.
- Talvez mereça. - Deu de ombros recebendo um olhar furioso do amigo. - Ela é uma vadia, Shawn. Já aprontou poucas e boas com os namorados. Fora que ela já dormiu com, pelo menos, metade dos amigos do Bieber.
- E daí se dormiu? Ela era solteira, não? - Arqueou as sobrancelhas para o amigo. - E não a xingue. Não se trata mulher nenhuma assim.
- Tudo bem, não está mais aqui quem falou. - Ergueu as mãos em rendição. - Mas não diga que eu não avisei. Ela não vale nada.
Disse pegando o celular e abrindo as redes sociais. O amigo já estava ciente da reputação da mulher e o que decidisse a partir disso era por sua conta, ele não se meteria mais.
Shawn, por outro lado, não se importava com as coisas que ouvira de . As pessoas costumavam julgar as outras pelo que ouviam por ai, mas não se importavam o suficiente para conhece-las. E era o que tinha em mente quando uma notificação do Instagram apareceu na tela de seu celular. acabava de segui-lo e ele fez o mesmo.

@
"Hey, só queria te agradecer pela conversa na festa da Cams.
Talvez tenha me ajudado a perceber que eu mereço mais."


@shawnmendes
"Não precisa agradecer.
Ninguém deve aceitar menos do que merece.
Fico feliz que tenha notado isso."


@
"Fico feliz que tenha se preocupado o suficiente para me fazer notar isso.
Eu não costumo fazer isso, mas você merece um agradecimento de verdade.
Gostaria de tomar um café comigo?"


@shawnmendes
"É claro.
Só marcar o dia."


...


O café com tinha sido maravilhoso. Não se divertia há tempos e Mendes não via a hora de sair com a loira de novo.
Optaram por ir andando até a casa da loira, já que a Starbucks ficava há poucos metros de distância. O encontro fora marcado já quase no fim da noite para que não houvesse chance de topar com paparazzis na rua. No meio do caminho, enquanto conversavam trivialidades, as mãos se encontraram e se enlaçaram. Pegaram o caminho mais longo para a casa da menina apenas para que não chegasse ao fim, mas nada dura para sempre.
- Obrigado pelo café. - Shawn disse quando pararam no portão da loira.
- Obrigada por todo o resto. - Devolveu. Se olharam por alguns instantes e Shawn levou a mão à mecha de cabelo que caia em seu rosto. sorriu. - Eu te convidaria para entrar, mas amanhã você não conseguiria sair sem ser notado.
- Tudo bem, podemos deixar para outro dia. - Sugeriu e os dois sorriram juntos. - Gostaria de jantar comigo qualquer dia desses?
- Sim, eu gostaria. - Respondeu.
- Vou olhar minha agenda para combinarmos. - Suspiraram juntos. - ?
- Hm?
- Eu posso beijar você? - Shawn perguntou e não pôde acreditar que o homem estava pedindo permissão. Ele era incrível mesmo.
- Pode. - Permitiu fechando os olhos.
Shawn aproximou-se acariciando levemente sua bochecha e sorriu com o sorriso dela. era linda e o homem amaldiçoava todos os caras que um dia a trataram mal. Encostou seus lábios aos dela e manteve-se ali apenas o suficiente para que a mulher perdesse a paciência e abrisse os lábios, usando sua língua para pedir passagem. Sentia a maciez de , tal como sua urgência em mudar o ritmo do beijo e soube que deveria parar. Adoraria ter uma noite com ela, mas queria mais do que aquilo e esperava que seu auto-controle o ajudasse.
Findou o beijo com selinhos e beijou sua bochecha sorrindo ao notar o sorriso dela. abriu os olhos e notou em Shawn algo que nunca notara em Justin: O brilho que carregava no olhar depois daquele beijo era diferente. Deve ser assim o olhar de alguém que está apaixonado por você, ela pensou enquanto via Shawn trilhar o caminho que fizeram minutos atrás. Suspirou e em sua nota mental estava escrito: Dar uma chance ao meu coração.









FIM



Nota da autora: Olá abiguinhxs. Trouxe essa fic de grande responsabilidade com o cy na mão por que escrever um hino desses deixa qualquer um com medo. Ainda não acho que esteja à altura de Shawn Mendes, mas é o suficiente para trazer um pouco de como esses dois se conheceram e se envolveram antes de You know that I am you, a história à fundo de Hailey, Shawn e Amelia. Obrigada por lerem essa história e se quiserem saber o que acontece depois, é só clicar no link acima. Beijos, até a próxima.





Outras Fanfics:
Finalizadas
No camarim [Restritas, shortfic]
Se você deixar [Romance, shortfic]

MV: I'm not the only one [Drama, shortfic]
Ficstapes
09. Gone too soon [Simple Plan]
20. Golden [Mind of mine - Zayn]

Em andamento
The golden tones of life - Continuação de 20. Golden [Originais, Romance]
I want you love me - [Atores, Tom Hiddleston] You know that I am you - [Cantores, Shawn Mendes]