Indicações Temáticas #010

Publicado por Marih em 18 de março de 2017

No terceiro sábado de cada mês, faremos um post apenas com histórias sobre um tema predeterminado com a equipe e amplamente solicitado por meio de nossas redes sociais. Tema do mês: Girl Power (nada mais justo, não é mesmo? \o/ ).

Eu Sou Problema Meu by Bê Santana
Mixtape: Girl Power
Indicada por Angélica B.

Ela viveu a vida toda sendo julgada, ainda que aos cochichos, por ser gorda. Até mesmo o cara que ela acreditava ser o cara perfeito, a decepcionou. Até que chega o momento que ela se descobre apaixonada. Pelo cara perfeito? Não, pela garota perfeita: a garota que a encara do espelho todos os dias.

Shout Out To My Ex by Priscila Santiago
Mixtape: Girl Power
Indicada por Érica Beatriz

Drama, amizade, romance e superação. Shout Out To My Ex é composta de um enredo brilhante, um vocabulário definido e uma escrita ampla. A história aperta o coração, trazendo a tona o sentimento de abandono, mas o mais importante, o sentimento de que uma mulher não precisa de um homem pra se sentir linda, alegre e poderosa.

Com o fim de um relacionamento abusivo e conturbado, ela se sente sem chão. Apesar do apoio constante das amigas, os sentimentos não colaborar para trazer a mulher decidida que deveria ser; Cansada de se sentir humilhada por ele, ela se repagina e decide seguir a vida, com o alivio de ser uma mulher, finalmente, livre.

Narrada em primeira pessoa através dos sentimentos dela, você vai se maravilhar pela força que uma mulher, muitas vezes, não sabe que carrega.

Survivor by Mari Monte
Mixtape: Girl Power
Indicada por Virginia Uchoa

“Achando que vivia em um casamento dos sonhos, ela acaba descobrindo que tudo que viveu era apenas ilusão. Ela era o que chamam de bela, recatada e do lar, uma imagem formada por seus pais e seu marido.
Sem ajuda dos pais e divorciada, ela descobre que a vida não é um mar de rosas e que conseguir um emprego, sem que a liguem ao pai e ao ex-marido ambos políticos, seria mais difícil do que pensava.
Ela sabia que precisava sobreviver, por tanto reuniu forças que não sabia que tinha e deu a volta por cima e descobriu que “ser um sobrevivente era muito mais do que sobreviver.”

Para ler todas as indicações passadas, clique aqui.

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários