Promove #017

Publicado por Vivi em 16 de fevereiro de 2015

Todos os meses autora, fic e shortfic do mês são escolhidas pelo twitter do site. A autora do mês tem direito à entrevista, e agora as outras premiações também terão um espacinho para destaque nos posts. É o nosso singelo “Parabéns” a elas.
Depois de decididas, as autoras das fanfics escolhidas por votação redigirão um pequeno texto sobre a própria história ou liberarão um teaser. Se em algum momento surgiu a curiosidade sobre o que era a fic/shortfic do mês, agora é a hora de conhecê-la pelas mãos das autoras.

Aquela Do Chefe by Má Marche — Shortfic do mês de Fevereiro/2015

“Quem não curte um romance proibido e sedutor com o chefe? Quem nunca se pegou fantasiando uma situação de secretária-patrão? Quem nunca leu e releu histórias que tratavam sobre esse assunto?
Bom, eu sei que eu já fiz tudo isso. E, quando me vi passando por uma situação parecida na vida real, precisei sentar a bunda na cadeira e derramar putaria em uma shortfic. A minha primeira, que, por um acaso, deu início a uma série completa intitulada “Aquela”.
O objetivo era explorar o tesão das mulheres em geral, focando em personalidades, situações e profissões específicas, sempre com um toque de romance para deixar tudo mais interessante.
Até hoje, essa é a que eu mais gosto. Ela é crua, vigorosa, sensual. Não sei se eu tava com a macaca esse dia, ovulando ou o caramba, mas eu acho que me superei em matéria de cena restrita haha. E eu adoro a dinâmica dos personagens, cheia de provocações e intensidade. Adoro também a relação da principal com seu melhor amigo gay, tão descontraída e sincera.
Acho que o que eu quero dizer é que eu me orgulho de Aquela do Chefe, e seria um imenso prazer se você, leitora, desse uma chance para ela também. E, depois que sua calcinha pesar e você se pegar suada e ofegante, vem falar comigo que ainda tem uma série de outros fetiches seus que eu também quero satisfazer com ficção (Aquela do Melhor Amigo, do Médico, do Jogador de Futebol, e por aí vai!).
Um beijo grande,
Má”

Jogando Os Dados by Letícia Black — Fic do mês de Fevereiro/2015

“Jogando os Dados era para ser uma crítica à política brasileira. Eu já tinha escrito sobre críticas políticas, mas nunca “no meu território” e achei que precisava fazer. A história, porém, acabou caindo para um lado mais leve e sem muito propósito e, embora todo o resto tenha crescido e a parte política tenha ficado centrada em cerca de 20% dela, sendo que era originalmente 70%, eu ainda consegui fazer alguma coisa sobre o assunto.
Acabou por ser divertida. A dinâmica dos personagens, as implicâncias, as brigas e as apostas foram uma das melhores coisas que eu já tive o prazer de escrever. E se tem um personagem que eu tenho orgulho de ter criado é a principal. Ela é complexa e nós, presos sobre o olhar limitado de um homem, o principal-narrador, sofremos do mal de não compreendê-la em muitas partes. Afinal, mulheres são muito complicadas.
A forma com que os personagens crescem durante a história também é fascinante. O principal começa sendo um exemplar machista e limitado, a principal com medos e neuras e, juntos, eles acabam empurrando um ao outro para luz; aos poucos, ambos vão evoluindo e você não percebe até que compara.
Ah, e o sexo, né? Ele é de soltar faísca.”

Todos os textos publicados foram redigidos pelas próprias autoras. Para ler os outros posts, clique aqui.

Deixe seu comentário

  1. Natália MagnoResponder

    Já li Aquela do Chefe e adorei, é sensacional essa shortfic.