Promove #021

Publicado por Bru Avelino em 27 de fevereiro de 2016

Todos os meses autora, fic e shortfic do mês são escolhidas pelo grupo no facebook do site. A autora do mês tem direito à entrevista, e agora as outras premiações também terão um espacinho para destaque nos posts. É o nosso singelo “Parabéns” a elas.
Depois de decididas, as autoras das fanfics escolhidas por votação redigirão um pequeno texto sobre a própria história ou liberarão um teaser. Se em algum momento surgiu a curiosidade sobre o que era a fic/shortfic do mês, agora é a hora de conhecê-la pelas mãos das autoras.

The Beauty of a Secret by Maddie Rose — Shortfic do mês de Fevereiro/2016

The Beauty Of a Secret surgiu de um desafio entre eu e minha amigas no fim do ano passado. Elas me desafiaram a escrever uma oneshot de Natal baseada na música Strange Love da Halsey. E foi o que eu fiz. Como não queria nada óbvio (ou tão óbvio), me surgiu a ideia de um romance entre uma mulher poderosa e independente (empoderamento feminino, é isso aí!) com seu funcionário treze anos mais novo. Eu sempre quis escrever algo parecido, um romance entre pessoas com uma diferença grande de idade, além, claro, de retratar uma mulher forte como a Terris. Uns dias depois, fui convidada para participar do All Stars e quase morri do coração, não consegui pensar em outra história que não TBOAS. Eu precisava compartilhar ela com alguém e não existia jeito mais legal do que o especial de fim de ano do site. Então uni o útil ao agradável e, cá entre nós, nunca fiquei tão feliz com uma coincidência como fiquei com essa.

Boys in Blue by Elaine C — Fic do mês de Fevereiro/2016

Muita gente acaba não lendo Boys in Blue por ser uma fiction não interativa no meio desse mar de possibilidades que são as fictions do FFObs. E eu peço: pare. Dê-me uma chance de convencê-la de que a história vale a pena, mesmo sem a possibilidade de protagonizá-la com seu próprio nome.

Antes de mais nada, devo dizer que o diferencial de Boys in Blue é sua narração que, eu diria, tem uma pegada mais “série de TV” do que “filme”, como a maioria das fics. Ela não aborda um tema, um casal, um enredo. Ela é uma história cheia de núcleos diversos que explora, mais do que um casal, 7 amigos. Cada um com sua personalidade, seus dramas, suas peculiaridades. E ao longo dos capítulos você acaba percebendo que está tudo bem não ter preferência pelo protagonista: você pode escolher qualquer um dos personagens para chamar de seu.
Apesar de todos esses personagens e arcos na história, ainda assim temos um núcleo que os une: o mundo da fama. Em Boys in Blue você conhece como são os bastidores pelo ponto de vista de quem já está sob os holofotes há tempos e também de quem acabou de chegar e não está nada acostumada com o traiçoeiro mundo futebolístico, do backstage. E é pra isso que chamo atenção: você verá o backstage da fama de uma forma nunca explorada antes.
Não temos paparazzis o tempo todo, polêmicas e escândalos sexuais. Temos apenas cinco garotos que estão há tanto tempo envolvidos com o futebol e a fama que se esqueceram do quão divertida pode ser a vida corriqueira, cotidiana. E duas garotas que veem suas vidas corriqueiras e suas rotinas sendo abaladas pelo mundo da fama e do futebol.
E quando o mundo desses 7 colide, o resultado é hilário.
Se você procura uma fiction engraçada, sincera, emocionante, você tem que dar uma chance a Boys in Blue.
Ela pode não ser interativa, mas eu aposto que você vai se identificar com pelo menos um dos personagens.
Xx, Lannes

Todos os textos publicados foram redigidos pelas próprias autoras. Para ler os outros posts, clique aqui.

Deixe seu comentário

Este artigo não possui comentários