Quando se têm dezessete anos, toda garota deseja se apaixonar. Bem, na verdade, toda mulher deseja se apaixonar, isso em toda sua vida. Mas o que acontece com uma garota que acha que encontrou sua alma gêmea aos dezessete anos? Silverstone acredita fielmente que o encontrou. O que ela ainda não sabe é que sua metade já encontrou outro alguém.
Sua alma gêmea, treze anos mais velha, tem em mente que casará com Amber, sua primeira e única namorada. O que ele não sabe é que uma garota totalmente fora do normal vai entrar no seu caminho e bagunçar toda sua vida.


Escrita por: Valle
Betada por: Julia Almeida

Prólogo ao Capítulo 15

Não pensou quando o fez – na verdade, ele quase nunca pensava ou pensava demais, eram os dois extremos – e enquanto ela resmungava que ele devia estar descendo do carro e ser totalmente cordial com a mãe dela, colocou as duas mãos no seu rosto e a puxou para um beijo.

Leia

Capítulo 16 em diante

...e agora ela não parava de admirar o homem que estava sentado na sua frente..., mas fora ela quem tivera a sorte.
Não.vNão era apenas sorte.
Não podia catalogar ele apenas como sorte.
Ele era destino.
O destino da vida dela.

Leia