Relações conflituosas se estabelecem na vida de um grupo de jovens, que precisarão de um desastre para estabelecer ordem ao caos e juntos entrarem em um processo de autoconhecimento, que é como um mar de ilusões aonde eles precisam mergulhar a fundo, deixando o medo de sofrer de lado e vivendo intensamente, aprendendo que, por mais que se tente, não se pode ignorar a quem se ama, entendendo que a forma mais rápida de mudar consiste em rir da própria estupidez, experimentando as dores de entender os próprios sentimentos.
Apesar de tantos conflitos e desentendimentos, o grupo permanece unido devido aos laços fortes que os uniam, lutando lado a lado (e às vezes em times opostos) nessa guerra onde o desastre é iminente.


Escrita por: Jules e Mon
Scriptada por: Nicki Snows
(ateriormente Caroline Cahill, xGabs, Mayara Alves, Juliana)

Prólogo ao Capítulo 11

Niall ficava encantando a cada segundo perto da princesinha do grupo, era como estar o tempo todo em uma realidade paralela, onde as árvores davam chocolate como frutos e as nuvens eram algodão doce. Sentiu uma vontade quase incontrolável de beijá-la, mas se conteve ao ver a namorada chegando.

Leia

Capítulos 12 ao 16

Assim como todos os meninos, Harry sabia que a aposta era uma coisa idiota, mas que os amigos estavam dispostos a concretizar. E o fato de ter aquilo (ele também não sabia o que diabos ele e Meester estavam fazendo) com a garota da aposta de Malik, poderia ferrar tudo. Falaria para Zayn o que havia feito? Prometeria que ficaria longe da menina para que o amigo seguisse em frente?

Leia

Capítulos 17 ao 18 - Parte II

O divertido de estar com Malik era que a loira não pensava muito antes de agir. O rapaz a dava uma leveza que nunca havia experimentado antes. E a garota precisava admitir, ela amava aquilo. Ambos não estavam apaixonados um pelo outro. Ainda não… A certeza que pairava no ambiente era que as terras caribenhas reservavam grandes surpresas!

Leia

Capítulos 19 ao 21

Na verdade, - Tommo sorriu - tudo vai ser diferente agora. Eu vou conquistar seu coração, querida. Eu quero aproveitar cada segundo dessa paixão, eu quero te levar pra tomar sorvete, quero ser a última pessoa a falar com você toda noite e quero poder pegar na sua mão enquanto nós vamos ao cinema ver uma comédia romântica ou no mercado comprar comida pra fazer um jantarzinho romântico.

Leia

Capítulos 22 ao 23

Caminhando com a morena, que estava bêbada, o rapaz ria à medida que ela falava alguma atrocidade, e, a fitando em seus olhos verdes, ele, mais uma vez, teve a certeza que não importava quantos anos passassem, o quão mais velho ficasse ou quantas vezes visse a lua, Payne nunca iria se cansar de mergulhar naquele olhar que ainda fazia seu coração acelerar como na primeira vez que a mirou.

Leia

Capítulos 24 ao 27

- Eu não acredito que vocês estão aqui! - apesar de carregar um sorriso, os adolescentes podiam notar o quão esgotado Harry estava. - Eu não acredito que vocês vieram de tão longe… - sua voz falha transbordava gratidão.
- Qual é, Styles?! Não somos amigos tão ruins assim. - Westwick brincou.
- Eu fico muito feliz por você estar aqui.

Leia

Capítulos 28 em diante

Princesinha Styles deixou o objeto sobre a poltrona e jogou-se nos braços do irmão. Os bracinhos finos dela apertando a cintura do mais velho, seu rosto apoiado no peito dele. Odiava vê-lo assim.
- Eu estou aqui para o que precisar, Harry. - sentiu-o retribuir o abraço e mesmo sem mirá-lo imaginou que estivesse sorrindo, sentia falta de vê-lo sorrindo.
- Eu sei. - afastou-se apenas o necessário para encará-la nos olhos - Obrigado. - pode ver o sorrisinho travesso da mais nova. - Vamos jogar vídeo game?

Leia