Contador:
Última atualização: 24/10/2020

Prólogo

Na grande sala com paredes cheias de tecidos da cor vermelha, em alguns, havia um círculo quase fechado e duas riscas no meio, que se formavam uma cruz – um símbolo do soberano que morava ali, representando o amor por sua terra, o amor que gostava de comparar ao mesmo que sentia pela pessoa a qual estava sendo discutida ali. A sala ocupava a parte central do castelo. Estavam sentados ao redor da grande mesa retangular de madeira antiga dois líderes de províncias distante, mas que tinham muito a oferecer uma para outra. Eles sabiam disso, por isso aquela negociação era tão importante.
Os senhorios dos reinos se reuniram porque acharam que isso não era assunto para os mais jovens resolverem. Apesar disso dizer totalmente respeito a eles, o príncipe havia ficado onde pertencia a sua família, e a princesa, mesmo seu pai achando que ela não faria nada para atrapalhar, foi mantida no quarto mais distante da onde estava ocorrendo a presença da visita vinda de tão longe. Tinham sido colocados dois guardas apenas para ficar de olho.
Não queria prender a sua primogênita, até porque sabia que ela daria um jeito, se quisesse realmente escapar. Amelie havia sido treinada, desde quando seu sexo no nascimento foi descoberto, para ser uma boa esposa. Apesar de ter seguido essas ordens, aprendeu sobre muitas outras coisas, mas uma coisa que não lhe podia ser ensinada era o amor que sentia pelo seu povo e suas terras, esse que compartilhava com o seu pai. Por conta disso, não questionava o que estava acontecendo ali ou o que aquilo iria acarretar. Sabia muito bem. Afinal, nas coisas que tinha aprendido por conta própria, tinha aprendido sobre negociação e política. Entretanto, por aquele amor, ela estava disposta a lidar com as consequências ou, pelo menos, lidar com as que ela imaginava que seriam.


Continua...



Nota da autora: Sem nota.



Qualquer erro nessa fanfic ou reclamações, somente no e-mail.


comments powered by Disqus