Lib gostava de muitas aventuras na vida. Lib gostava de poder ter certeza de suas decisões, mesmo elas sendo estranhas. Lib gostava de seu nome. Lib gostava do cabelo vermelho e das sardas no rosto. Lib gostava de sexo sem compromisso e casos. Lib gostava de contas e biologia. Lib gostava de ir ao ginecologista porque ele era bonito. Lib gostava de cobras e lagartos. Lib gostava de seu trabalho e de suas férias.
Lib gostava de certezas, mesmo elas não sendo sempre as estranhas que tomava.
Todavia, Libanesca não gostava de envolvimentos. Não gostava de fazer café da manhã, intolerância e político. Odiava conversas que não levam a nada e enrolação. Detestava futebol e seus jogadores. Odiava estádios e como as pessoas achavam que correr atrás de uma bola era cultura.
Lib não gostava de Hensel Becker.
E essa era a parte que ela mais gostava disso.


Escrita por: Clary Avelino
Betada por: Caroline Cahill

Prólogo ao capítulo 20

Dortmund? — Lib quase gritou com o chefe — São quase 300 quilômetros daqui! Você está mesmo dizendo que eu tenho que me mudar para o outro lado da Alemanha?

Leia

Capítulo 21 ao epílogo

Havia uma lista de coisas na vida que muitas pessoas não gostavam de fazer. Comer brócolis, céus, sim, havia pessoas no mundo que não gostavam de brócolis. Assistir cenas de violência, falar sobre política ou tentar convencer homens de que feminismo não é o contrário de machismo.
Libanesca tinha uma extensa lista sobre coisas que não gostava de fazer. Contar verdades cruéis era uma delas.

Leia