Contador:
Última atualização: 07/09/2020

Capítulo 01

Terceiro Ano


— Você não pode fazer isso! - Gina Weasley sussurrou para Darling, enquanto a loira guardava o material da aula em sua bolsa.
— Ah, é? Por que não? - soltoui, terminando de jogar tudo em sua mochila e se dirigindo a saída.
— Ora! Porque não. - ela disse, olhou para ela, como se isso não fosse argumento suficiente. - Bem, nós prometemos, ! E promessa de amigas não se quebra. - a ruiva concluiu.
— Ah, nós tínhamos 11 anos, Gina! E, além do mais, nem somos mais tão amigas. - falou, parando no corredor e procurando um lugar para sentar.
— E agora que temos 13 anos tudo mudou? - Gina questionou de forma irônica. - E você ainda é minha amiga. - ela disse, parecendo chateada.
— Eu tenho 14 anos. Sim, claro que somos amigas. - A loira falou, parecendo culpada. - O que eu tô falando é que não temos aquela amizade tão forte de antes. E você só tá tão firme em relação a isso porque já foi convidada para o baile. - conclui, de forma firme.
— Sim, pelo Neville. - Ela fala de forma estridente.
— Mas pelo menos vai! Ninguém me convidou. Então super justo eu convidar o Harry. - A loira falou.
— Mas ele nem quer ir com você, . - Gina disse de forma brusca, recebendo um olhar fuzilador de Darling de volta. - Ele convidou a Chang.
— Sim, eu sei. A ouvi falando disso com as amigas no salão comunal. - a Corvina falou, revirando os olhos. - Mas ela não aceitou e…
Nesse momento o sujeito da conversa das garotas passa pelo corredor, as fazendo cessar a conversa bruscamente.
Nada suspeito, Darling pensou. Mesmo depois de três anos, ela ainda não conseguia agir normalmente.
Potter passou pelas garotas, junto com os amigos: Rony, Hermione e Samantha, a última acenou em direção as meninas.
— Eu acho que ele gosta da Sam. - Gina soltou. Do nada.
— Por que você acha Isso? - perguntou, alarmada.
— Sei lá… A forma que ele olha para ela… - Gina disse, um pouco triste. - E eu senti que ele ficou triste quando descobriu que ela ia ao baile com o Diggory. - ela terminou.
— AAAAAAH! Eu odeio a Samantha! - falou, de forma dramática.
— Hey! A Sam é muito legal…
— Eu sei, eu não a odeio mesmo, forma de falar. - A loira falou. - Mas a menina é sortuda, né? O Potter é apaixonado por ela e além de tudo é a namorada do Diggory. - concluiu.

— Eu não sei se ela realmente é a namorada do Diggory… - Gina começou, mas foi interrompida por uma chegada abrupta.
— O que a pirralha está fazendo cochichando no canto? - Sophie, uma sextanista da sonserina
— Vocês se conhecem? - Gina perguntou, confusa, encarando a sonserina com suspeita.
— Claro que sim, Gina. Moramos próximas.. - falou, de forma simples.
— E então.. Sobre o que estavam falando? - Sophie perguntou novamente.
— Sobre o Potter - falou e na mesma hora a Sophie revirou os olhos.
— E eu estava falando que ela não devia o convidar para o baile de inverno…- Gina falou, deixando a suspeita de lado ao notar que a garota mais velha não parecia tão favorável ao convite.

— Vou ter que concordar com a Weasley. Já te falei que isso é uma péssima ideia, . - Gina olhou para mim, de forma convencida.
suspirou. Winter já tinha comentado várias vezes que ela não podia dar a um garoto o poder de achar que era louca por ele e enquanto ela não conseguisse controlar a cara de idiota próxima ao Potter, não podia falar com ele.
— E vocês não vão se atrasar para a aula? — Winter perguntou.
A loira olhou alarmada para o corredor e o viu quase vazio, levantaram-se rapidamente e foram para a aula..
— Hey, - Sophie falou, chamando. - Mas tô falando sério. Não fique obcecada por um menino. Você é linda, legal e inteligente. E, se você se soltar, todos vão notar isso. - falou. - e agora vão embora.
Assentimos e nos afastamos, indo em direção a próxima aula.
— Ela é bem inteligente, né? - Gina falou, do nada. - a Hermione me disse a mesma coisa. - terminou.
— É sim. E acho que elas tem razão. - falou. - Talvez eu deva aceitar o convite do Dino. - concluiu a loira.
!! Você disse que não tinha recebido convite algum. - Gina acusa.
— Nenhum convite que eu quisesse aceitar. - Falou, rindo. - Mas agora estou repensando.

🎃🎃🎃🎃🎃

encarou , quando ela entrou na aula de DCAT quase atrasada.
— Onde você estava? — perguntou a amiga, curiosa.
— Estava conversando com a Gina. — falou. — Cadê o professor? — Questionou.
— Ele ainda não chegou. — disse. — Deve estar na sua sala desconfiando da própria sombra. — completou baixinho, preocupada que o professor aparecesse do nada e a escutasse.
! — falou. — Se você tivesse enfrentado os piores bruxos das trevas, também seria assim. — A loira falou. TInha muita admiração pelo Alastor Moody, não só por ter sido por tantos anos chefe dos Auror, profissão dos sonhos dela, mas também por toda história de vida dele. Os pais dela sempre falavam bem do homem.
— E o que você estava falando com a Gina? — questionou, voltando o assunto.
— Curiosa você, hein, ? — falou, brincando. — Ela veio me falar sobre eu não convidar o Harry para o baile. Como ela sabia disso, eu não sei. — A loira olhou de forma acusatória para a morena, que sorriu sem graça.
— Talvez eu tenha comentado com ela. — falou, sorrindo amarelo. — Eu precisava de ajuda pra te convencer que era uma péssima ideia. — Completou a morena.
— Eu sei… E eu nem ia convidá-lo mesmo. — falou, suspirando. — Quando terminar a aula, vou procurar o Dino. — A loira falou, corando. Ao ouvir isso soltou um gritinho reprimido, e bateu palmas. — !
— Ah, amiga, você sabe que eu o acho um gato. Mil vezes melhor do que o Potter. — falou, sorrindo para a loira.
sorriu de volta, mas não concordava.
Desde que tinha entrado em Hogwarts, Há três anos, Darling tinha se encantado por Harry Potter.
E foi esse encanto que a fez criar uma quase amizade com Gina Weasley.
Quando Harry resgatou a ruiva de quase ser morta por Voldemort, ele se tornou uma espécie de herói para as duas.
No ano anterior, começou a fazer amizade com as pessoas de sua casa, o que a afastou de Gina.
O que não mudou foi seu interesse pelo menino que sobreviveu.
admirava a simplicidade do garoto. Por muito menos viam outros garotos se exibindo por aí.
Harry, pelo contrário, sempre se mostrava odiando todos os holofotes.
Eles tinham isso em comum.
Talvez por isso que e Harry não haviam trocado uma palavra durante os três anos da garota em Hogwarts.



Capítulo 02

esperou Dino Thomas sair da aula de poções. O garoto falou com ela há dois dias, a convidando para o baile.
Ela pensou em recusar de imediato, mas perguntou se ele se importava em esperar pela resposta.
Naquele dia à noite, conversou com sobre isso, a amiga surtou e falou para ela dizer sim.
Mas, a verdade, era que, no fundo, tinha esperanças que Harry a convidasse. Mas, na noite passada, ao ouvir da Cho que o moreno a havia convidado, perdeu todas as esperanças.
A conversa com Sophie e Gina hoje não era nem necessária, mas não admitira isso para as amigas.
Alguns alunos da sonserina começaram a sair das masmorras.
— Oi, Darling. — Draco falou, sorrindo.
— Olá, Malfoy. — respondeu seca.
Draco nunca havia a tratado mal, mas a loira sabia o quão arrogante o loiro era. E seus pais, incontáveis vezes, comentaram como os Malfoy flertavam com as artes das trevas.
A loira queria distância disso.
Pansy lançou um olhar irritado para , antes de puxar Draco pelo braço.
A loira revirou os olhos. Como se ela quisesse qualquer coisa com aquele garoto.
Nem a boa aparência dele despertava o mínimo interesse nela.
Logo Dino saiu, acompanhado de seu amigo Simas.
— Dino! — falou, acenando para o garoto. O olhar do rapaz brilhou ao ver a loira se aproximando. Simas deu umas batidinhas nas costas do amigo, antes de se afastar um pouco.
— Oi, . — Thomas falou, esperançoso.
respirou fundo, corando um pouco ao notar o olhar ansioso do rapaz. tinha razão, ele era muito bonito.
— Eu tenho uma resposta para você. — A corvina começou, sem jeito. — Eu aceito ir ao baile com você. Isso é, se você não arrumou outra pessoa. — falou e completou rapidamente.
— Claro que não! Não convidei ninguém além de você. — Dino falou, rapidamente.
— Desculpa por ter te feito esperar. — a loira falou, corando.
— Se teve uma espera que valeu a pena, foi essa. — Dino disse e corou ainda mais.
A loira ergueu-se na ponta dos pés e deixou um beijo na bochecha do grifinório, antes de ir embora.
Enquanto estava se afastando, ouviu os amigos de Thomas brincando com ele, com vários gritos.

🎃🎃🎃🎃🎃


e estavam sentadas no salão comunal, terminando de revisar a atividade, junto com Luna Lovegood.
Luna era uma espécie única, vivia sempre no mundo da lua.
Mas era uma garota incrível e extremamente inteligente.
Darling adorava passar um tempo com ela. Infelizmente, nem todos da Corvinal pensavam assim.
Os outros alunos sempre pregava alguma peça na garota, seja escondendo os pertences da mesma ou a apelidando.
já tinha perdido a paciência com alguns colegas de classe naquele mesmo dia, alguns corvinos estavam a chamando de DiLua Lovegood, para variar.
— Qual é a cor mesmo do seu vestido, ? — perguntou, pela milésima vez naquele dia.
— Continua da mesma cor que te respondi há vinte minutos, . — respondeu.
— Nossa. Não precisa responder assim. — falou.
— Acho que ela respondeu assim porque você já fez essa pergunta três vezes desde que nos sentamos aqui. — Luna falou de forma simples.
— Pelo menos alguém me entende. — disse, concordando com Lovegood.
— Ai, Luna, mas ela devia tá mais empolgada! — falou, animada, deixando a lição de lado. — Nós vamos para o baile! — completou, com uma voz estridente.
estava saindo desde o início do ano com Córmaco McLaggen, um quintanista da Grifnória, que seria o seu par no baile.
Darling não gostava muito do rapaz, ele sempre discursava sobre como seria um ótimo goleiro para Grifinória ou sobre “aquela vez que almocei com o ministro”.
Mas estava muito bem e feliz com ele, e não ia criticar isso.
— Eu gostaria de ir ao baile. — Luna falou abertamente.
Ao escutar a conversa no grupo ao lado cessar, suspirou.
— Você não foi convidada para o baile, Luna? — Marietta Edgecombe perguntou, com uma falsa surpresa na voz.
e apertaram os punhos. Enquanto as amigas de Marieta, incluindo Cho Chang, davam risadinhas disfarçadas.
Era por isso que detestava Chang.
Ela nunca era a pessoa a falar algo para implicar com outro, mas sempre estava no grupo que fazia provocações.
E para Darling, as pessoas com que você tinha amizade, definia sempre o seu caráter.
— Ah não, Marietta, ninguém me convidou. — Luna falou, sem sentir o veneno escorrendo das outras garotas, que adoravam implicar com a mais nova.
— Por Merlim! Por que será? — Edgecombe falou, e dessa vez as amigas nem tentaram disfarçar as risadas.
— Não sei, Marietta, talvez a Luna não tenha utilizado a técnica certa. — começou, de forma dura. — Que no seu caso, é dar em cima de caras comprometidos. — a morena terminou, raivosa.
No ano anterior, tinha acontecido algo inédito dentro do salão comunal da Corvinal, uma setimanista pegou o namorado aos beijos com a Marietta.
O garoto alegou que já tinha terminado com a garota antes e Edgecombe afirmou.
Mas a fofoca pegou e usou dela para descontar.
— Eles não estavam mais juntos. — Marietta falou nervosa, passando a mão pelos cabelos ruivos e curtos.
— É o que você diz, né. — falou, antes de virar as costas para as garotas mais velhas, deixando claro que não queria mais falar sobre o assunto.

🎃🎃🎃🎃🎃


O dia do baile finalmente havia chegado, e se arrumavam no dormitório.
Darling estava um pouco triste, tinha escutado na noite anterior, por Padma Patil, que Harry ia com a irmã gêmea dela, Parvati.
Sentiu um aperto no peito, provavelmente o moreno estava interessado na garota, ela era linda.
Respirou fundo, tinha prometido a si mesma que ia deixar essa paixonite por Harry Potter de lado. E isso devia começar já!
— Como eu estou? — perguntou a amiga, alisando o vestido longo e verde que usava.
A morena estava deslumbrante, mas ela poderia estar vestida com trapos de elfo doméstico e mesmo assim estaria linda.
— Uau, , você está incrível! — falou, com sinceridade. — McLaggen é um sortudo.
— Eu sei. — falou, piscando para a amiga. — E Thomas não fica nada atrás. Você está maravilhosa, ! — a morena completou, encarando a amiga.
alisou, sem jeito, o vestido que usava e se encarou no espelho.
— É, acho que não estou nada mal. — a loira brincou.
— Por Merlim! Somos as amigas mais convencidas do mundo. — falou, rindo. — Agora vamos! Falei ao Córmaco para me esperar no salão, junto com o Dino. Não podemos nos atrasar. — a morena falou.
— Sim, . Com certeza. — disse, pegando uma bolsinha combinando com o vestido, que sua mãe havia separado para ela. Sentiu um aperto no peito, triste por não passar as festas com seus pais, como era de costume. Mas Jane, sua mãe, insistiu para que a garota participasse do baile.
— Parece que finalmente alguém está empolgada com a festa. — falou.
— Na verdade, minha maior empolgação é ver a cara da Chang quando o Diggory entrar com a Samantha Tonks, depois dela ter deixado a Corvinal inteira saber que tinha quase certeza que o Cedrico ia convidá-la. — Darling falou, com um sorriso maldoso.
— Nossa, , quero morrer sua amiga. — falou, rindo.
Logo depois, as duas garotas saíram do dormitório e foram rapidamente para o salão principal de Hogwarts, onde estaria acontecendo o baile.







Continua....



Nota da autora: Oi, gente!
tô muito animada para escrever a vida da pp em Hogwarts e do namoradinho dela (que vai aparecer em After) que não é ninguém mais, nem ninguém menos que: Rogério Daves
After All está entrando reescrita (não consegui terminar de reescrever para o especial por motivos de: muitas fanfics abaixo)
Fiz um crossover com a Reh (autora de Uma Nova História e Black & Diggory) E OS UNIVERSOS AGORA SÃO COMPARTILHADOS!
Isso mesmo! After All vai ser a continuação da vida do Harry de B&D!
Por isso precisei reescrever e adaptar muita coisa. Tanto eu quanto a Reh
Before All tá com três caps prontos já, mas como quero fazer att dela, vou mandando aos poucos HEHEHEHE
E como podem ver, escrevi MUITA coisa nova para esse especial. Espero que gostem e não esqueçam de comentar.
Malfeito feito!





Outras Fanfics:
Versão dos Marotos para a noite em que Voldemort foi derrotado by Moony, Padfoot & Prongs
31 de Outubro de 1981, Parte 1
31 de Outubro de 1981, Parte 2
31 de Outubro de 1981, Parte 3
31 de Outubro de 1981, Parte 4
Potterverso em que Voldemort não matou os Potter by Padfoot & Prongs
Sometimes Red, But Always Yellow
Diagon Alley Secrets
The Way to the World Cup
Dinner in Godric’s Hollow
Summer in Godric's Hollow
After Slug Christmas Party
Evie&Harry Christmas
The One-Eyed Witch Passage
The Night Cedric Diggory Broke the Rules
Potterverso em que todos os Marotos tem Filhos by Moony
The Moony's Way
Feat das melhores alunas de Hogwarts: Evie Darling, Samantha Black e Sophie Winter by Moony, Padfoot & Prongs
Kisses in the 3rd Room
Kisses in Hogwarts
Kisses in the Yule Ball
Happy Birthday, Samantha
Outras oneshots & shortfics dentro do universo de HP by Moony, Padfoot & Prongs:
Before All
My Blood - Parte 1
My Blood - Parte 2
My Blood - Parte 3
My First Friend
My First Goodbye
My First Kiss
Playing with the Moon
Sweet Fire
Sweet Fire: The Date
The First Date Of Lily Evans and James Potter
The Prisoner's Muggle
Under the Stars
Longfics by Dih, Isa P. & Reh:
Black & Diggory
Uma Nova História
Uma Nova História II
Black & Diggory II
Black & Diggory III
After All
Orchideous
Between the order and the death eaters


comments powered by Disqus