"Cindy Nixon é uma menina gentil.

Doce, simpática e sorridente, além de uma das principais líderes de torcida de sua escola, ela é uma das pessoas mais populares do corpo estudantil e provavelmente a garota mais feminina que já colocou os pés nessa terra.

E ninguém a leva a sério.

Com exceção de suas duas melhores amigas, todas as pessoas em sua vida vêem Cindy como o estereótipo da garota bonita e popular: ingênua, superficial e totalmente cabeça oca. Seus professores acham que ela consegue suas notas colando, suas companheiras de equipe não acreditam que ela é capaz de falar sobre qualquer coisa que não seja compras ou garotos. Há uma lista dolorosa de desastres amorosos em seu passado e seus irmãos mais velhos, extremamente superprotetores, a impedem de seguir os passos de sua vida sozinha, por acreditarem que é delicada demais para lidar com o mundo por conta própria.

Ela está cansada de ser controlada e subestimada. Ela quer provar o seu valor. Ela quer alguém que confie em seu potencial e não a veja apenas como um rostinho bonito a ser contemplado.

Travis Cooper é o tipo de pessoa que os irmãos de Cindy nunca a deixariam namorar. Ele é o estereótipo do bad boy clássico, com piercings, motos, jaquetas de couro e uma má-reputação extensa e de conhecimento geral. Não há nada nele que pareça se encaixar na vida de Cindy, repleta de cores, sorrisos, romance e feminilidade. Ele deveria ser o último garoto na terra que chamaria sua atenção.

Mas quando se encontram aleatoriamente em uma festa, a química entre eles é palpável e impossível de ser ignorada. Logo, Cindy aprende que Travis, na verdade, é um ótimo garoto e eles se tornam amigos em um piscar de olhos. Ela não deveria vê-lo de outra forma, mas é basicamente impossível ouvir seu cérebro e ignorar seu coração. Quanto mais tempo Cindy passa em sua presença, mais ela é incapaz de ignorar o fato de que quer se envolver com Travis Cooper e que se exploda o resto do mundo.

Entrar em um relacionamento secreto não fazia parte dos planos. Apaixonar-se por ele também não. Mas algumas regras foram deliciosamente feitas para serem quebradas e Cindy está cansada de não tomar a própria vida pelas rédeas".


Escrita por: PPESILVA
Scriptada por: Gabriella

Prólogo ao Capítulo 09

Leia

Capítulo 10 em diante

Leia