"Monalisa tem um passado difícil e mais traumas do que pode contar. Se mudar para o outro lado do país para viver com o pai que a abandonou há tantos anos é a última coisa que precisa. Mas, quando ela conhece Ian Harrington, lindo, gentil e absurdamente charmoso, talvez nem tudo esteja perdido. Conectados pela língua de sinais, ambos embarcam em uma aventura prazerosa que envolve amizades, medos, alegrias, o enfrentamento de seus passados e, inevitavelmente, o amor”.


Escrita por: PPESILVA
Contador:

Capítulos 01 ao 13

"O estranho era provavelmente um dos homens mais charmosos que ela já havia posto os olhos sobre. Passou seu olhar pela mandíbula dele, por seus lábios, por seus cabelos bagunçados e enfim por seus olhos, quentes, amigáveis, brilhantes e levemente surpresos. Tinha uma beleza diferente, simpática e jovial, quase doce. Seu olhar a fez quente e formigando, sentimentos que há tempos havia empurrada para debaixo do tapete e jurado a si mesma que não iria mais mexer."

Leia

Capítulos 14 ao 25

"Eles ficaram em silêncio, com a energia do ar pulsando entre eles, até que ela falasse novamente, sorrindo dessa vez. - Não acha engraçado que sempre parecemos nos entender? É como se você tivesse passado por tudo que eu passei, mas de formas completamente diferentes. O coração dele inchou tanto que seu peito doeu. O sorriso dela parecia ter sido tatuado em seu cérebro. "

Leia

Capítulo 25 ao Epílogo

"Relacionar-se com alguém, para Monalisa, foi por muito tempo algo que a sugou e adoeceu. Não era assim com Ian. Relacionar-se com Ian era suave e doce. Ele não a deixava sobrecarregada, exausta, física e mentalmente, pelo contrário. Era quase um refúgio, um ponto de paz em que sabia que poderia contar sempre que a realidade ficasse difícil demais. "

Leia