Psicologia do Amor
by Rocha, LP


Runaway
by Luiza

01. Pray You Catch Me
by Joziane Barbosa


Bad Reputation
by Rah

06. Mean
by Bruh Fernandes


Milena Kis
+Entrevista

Top Fictions

Top Ficstape

Top Shortfic

Entrevista #011

Conversamos com a Lô Bernardelli, autora do mês de Novembro e autora de Betting Her. O papo foi divertido e leve e você poderá conferir na íntegra agora.

Fanfic Obsession: De onde vem a inspiração para Betting Her?

Lô Bernardelli: Sempre me perguntei o mesmo, não consigo me recordar do momento onde decidi escrever Betting Her, ou de onde veio a idéia. Mas lendo a fiction, consigo enxergar facilmente cenas que são inspiradas em alguns filmes americanos que costumam passar na sessão da tarde hahahaha. Assim como as leitoras também já notaram, Walk To Remember, tanto o livro quanto o filme, é meu romance favorito, então automaticamente me influenciou em algumas, ou muitas cenas.

FFOBS: Clichê. A favor ou contra?

LB: Depende muito da estória, e do nível do clichê. Eu confesso, Betting Her deve ser uma das fictions mais clichês do Fanfic Obsession, ou a idéia dela a princípio, tentei fugir o quanto pude para não ficar muito previsível. Acho que é bem isso, ser clichê é bom, ser previsível acho que acaba tirando um pouco o interesse do leitor.

FFOBS: O você procura passar pros seus leitores nas suas histórias?

LB: Nunca me perguntei isso, então é difícil responder. Em geral, se existe bem, também existe mal, e nem por isso você deve se entregar, ceder. Em Betting Her, especialmente, tentei passar a velha mensagem “não julgue pela capa”, hoje em dia as pessoas estão demasiadamente preocupadas com o que estão pensando sobre ela, estão sempre se importando apenas com o que convém à elas, relações de interesse. Beleza não é tudo, mas não vou ser hipócrita e dizer que ela não é importante atualmente. Só não constitui seu caráter.

FFOBS: Betting Her sempre teve um final definido ou você foi mudando enquanto escrevia? E o que você pode adiantar para os seus leitores do futuro da fic?

LB: O final estava decidido, eles não iriam ficar juntos. Não pra fugir do clichê. Não pra surpreender. Não pra ficar diferente, e nem para irritar as leitoras hahaha. Simplesmente porque não partia dos princípios da minha personagem feminina perdoar um nível tão alto de humilhação, pelo menos não de imediato.
Sobre o futuro da fic, posso dizer que tem muita coisa diferente por vir nessa segunda parte. O foco deve sair um pouco do casal principal, serpentear um pouco em outros assuntos que não seja o amor que um sente pelo outro, visar um pouco mais família, futuro profissional, etc.

FFOBS: Cenas de sexo. Você sente algum desconforto ao ler/escrever alguma cena mais picante?

LB: Depende. Pra mim é muito difícil escrever uma cena de sexo, porque eu sinto que estão sempre iguais, sempre estranhas e mal escritas. Sou fã de detalhes, mas em cenas como essas, é difícil expor detalhes sem deixar muito cansativa, ou vulgar. E não me sinto desconfortável ao ler cenas picantes, exceto quando há violência, porque não faz muito meu gênero.

FFOBS: Você já recebeu alguma crítica rude? Qual foi sua reação? Se não, como você reagiria?

LB: Nenhuma tão grave, acho que todas as críticas que recebi foram bastante cuidadosas e construtivas. Exceto uma, que eu li em um twitter, onde a pessoa falava da minha personagem feminina com uma hostilidade que eu considerei desnecessária. No geral, as críticas foram maiores acerca do final da primeira parte, e com algumas que disseram sobre a rapidez, eu até concordei e me expliquei.

FFOBS: Como é a sua relação com seus leitores? Já chegou a ter algum tipo de situação difícil com um leitor mais exigente?

LB: Tento manter uma relação agradável, acho que meus leitores são a base, o que me motiva a continuar escrevendo. É gratificante ver que eles estão gostando, me procurando, interessados pela continuação de Betting Her. Nunca tive nenhum tipo de situação difícil, ao menos não que eu me lembre. Respeito as críticas e o gosto de cada um, e espero, em retorno, que respeitem minha escrita e meu enredo. Quando uma sugestão provinda de algum leitor me agrada, eu acato e agradeço, mas quando não, espero que essa pessoa entenda também.

FFOBS: O que você acha de nota da autora (vulgo, n/a) no meio da história? É a favor ou contra?

LB: Não gosto quando estou lendo uma fiction e a leitora faz um comentário no meio, porque sinto que perco um pouco a atenção na história, mas quando eu coloco uma música, por exemplo, eu gosto de avisar o momento que o leitor pode dar play.

FFOBS: Bom, essa entrevista vai terminando por aqui. Caso queira deixar algum recado final, fique à vontade!

LB: Quero só agradecer à todas as pessoas que votaram em mim para a Autora do Mês, fiquei muito feliz e muito surpresa. E parabenizar à equipe do Fanfic Obsession pelo site. Fiquem com Deus. Mwwwah!