Psicologia do Amor
by Rocha, LP


Runaway
by Luiza

01. Pray You Catch Me
by Joziane Barbosa


Bad Reputation
by Rah

06. Mean
by Bruh Fernandes


Milena Kis
+Entrevista

Top Fictions

Top Ficstape

Top Shortfic

Entrevista #026

No mês em que o Fanfic Obsession inaugurou, elas foram as primeiras autoras do mês escolhidas pelo público. Quatro anos depois, estão de volta ao posto por conta do sucesso da fic Give me Novacaine. Confiram a entrevista com a dupla Daniela e a Mary’ann:

Fanfic Obsession: Give me Novacaine é uma fanfic antiga, mas que continua recebendo prêmios e novas leitoras. Qual a sensação?
Daniela: Sinceramente? Não sei como explicar bem isso. É muito surreal ver que as nossas leitoras ainda gostam tanto da fic a ponto de ir lá e votar. Mas de uma coisa a gente já sabe: Temos as melhores leitoras do mundo.
Mariana: É muito gratificante. E meio surreal. Acho maravilhosa essa fidelidade que nossas as leitoras têm com a fic, mesmo depois de tantos problemas ainda recebemos esse apoio enorme!

FFObs: Quando a fic começou, vocês pensaram na proporção a que chegaria?
Daniela: Não. Eu achava que teríamos, no máximo, cem leitoras, isso porque eu esperava que a fic bombasse, hahaha. Quando postamos e eu vi cinquenta comentários, quase caí da cadeira. Acho que fiquei sorrindo que nem idiota por um mês.
Mariana: Quando começamos a escrever a fic, a gente sabia que alguma resposta teria. Positiva ou negativa. A gente aborda um tema um tanto controverso e pesado. Mas eu nunca cheguei a imaginar que teríamos uma resposta tão boa.

FFObs: Quais os desafios de escrever uma fic em parceria? Algum conselho para as leitoras que pretendem se arriscar?
Daniela: Olha, o principal é que os dois lados saibam quando ceder, e também que tenham pelo menos ideias parecidas. Um desafio muito grande no começo, pelo menos pra mim, foi deixar minha escrita um pouco melhor pra ficar parecida com a dela. Não queríamos que todos percebessem onde uma terminava e a outra começava o parágrafo. Acabou que a gente escreve tão parecido agora que nem eu nem ela sabemos quem escreveu o que. hahaha
Se tratando de ideias, nós somos tão sincronizadas que chega a ser bizarro. Uma completa a frase da outra, ambas escrevem com as mesmas palavras, temos as mesmas ideias… Acho que funciona bem com a gente porque somos muito parecidas.
Mariana: Escrever em parceria é muito difícil. Muito mesmo. Você tem que ter uma sintonia muito grande com a sua parceira, assim como estilo de narrativa parecido. Eu e a Piru fomos nos moldando juntas, hoje em dia chega a ser ridículo o quanto a gente escreve parecido, em algumas ocasiões temos que mudar diversas palavras por termos repetido o vocabulário. Meu conselho pra quem quer tentar é: escreva com sua melhor amiga, com alguém que se pareça muito com você. Isso porque as divergências podem causar bastante brigas se a fanfic for algo que realmente seja importante para as duas.

FFObs: De quem é a última palavra entre vocês?
Daniela: Minha. É claro. Eu sou o maior Penis. Não, falando sério, não tem essa com a gente. Nós vamos dando ideias, mudando, acrescentando coisa, até que as duas cheguem num consenso e estejam satisfeitas. Com o tempo, aprendemos a abrir mão de coisas bobas, e agora é bem natural.
Mariana: MINHA! Sou o macho da relação e ela sabe quando ficar quietinha…
HAHAHHAH

FFObs: Como vocês se conheceram? E de onde tiraram a ideia de GMN?
Mariana: Nós nos conhecemos através da falecida tag. Tava rolando um papo que a tag travava palavrões, colocava *** no lugar. Aí eu resolvi ser revoltz e burlar o sistema e gritei PIRU! Ai a Piru, que tem o mesmo nível de retardo mental que eu, achou maneiro e resolveu gritar piru pelos ares também. Foi amor à primeira vista! Nos adicionamos no também falecido msn e nunca nos chamamos pelo próprio nome, só por derivados da genitália masculina! Hahahaha
Daniela: Eu tive a ideia inicial, mas foi uma coisa bem random, só aquela cena inicial dele entrando na escola e metade da personalidade dele. E como todas as ideias que eu tinha, corri pra contar pra Penis. Ela amou, começou a ter mais ideias que eu e me obrigou a escrever a fic. Eu não queria fazer isso sozinha e foi aí que começamos a escrever juntas.

FFObs: A fic tem conflitos “pesados”, mas que são tratados de forma mais romântica até então. Em algum momento vocês já pensaram em deixar a história mais “punk”?
Daniela: Nunca pensei sobre isso… Mas acho que é porque o foco da história é sobre os dois, a relação deles, o quanto eles são ferrados psicologicamente e dependem um do outro.
Mariana: Quanto a deixar a história mais punk, só esperando os próximos capítulos pra ver. Responder essa pergunta seria spoiler, e nossas leitoras sabem o quanto a gente gosta de fazer suspense.

FFObs: Há alguma influência externa para o enredo ou é tudo ficção?
Daniela: Teve aquela época que eu tava estagiando na boca de fumo, acho que foi uma boa influência pra fic.
Mariana: A verdade é que somos duas nerds. Nós até temos amigos que têm/tiveram experiências con drogas, mas a maior parte da informação vem de pesquisas na internet mesmo. E também somos duas gordas que adoram um hambúrguer gorduroso, então a bulimia tá longe de ser experiência pessoal.

FFObs: Como foi a construção das personagens? Alguma de vocês se identifica com elas?
Mariana: Os personagens aconteceram. Não houve um planejamento exato. No começo, tudo que sabíamos é que o casal principal seria uma patricinha, insegura e bulímica, cansada da superficialidade do mundo dela, e um menino pobre e muito sozinho viciado em cocaína. Os personagens foram crescendo naturalmente ao decorrer da história.
Daniela: Em relação a nos identificarmos… A gente é simplesmente apaixonada pelo principal. Ele é quase uma mistura de nós duas. Quando falamos sobre ele, a gente pensa no que ele faria, não no que queremos que ele faça. A Penis ainda não acredita que ele não tem vida, é uma barra pra ela.

FFObs: Além de GMN, pretendem escrever outras longfics (em solo e em parceria)?
Daniela: Em solo, tenho umas duas ou três, mas to tão viciada em escrever junto com a Penis que tá difícil. Em relação a outras histórias em parceria… Estamos planejando uma história bem interessante que pretendemos começar assim que finalizarmos Give Me Novacaine.
Mariana: Minha carreira solo tá fraca também. Tenho alguns projetos inacabados, mas nada concreto. Escrever sozinha é algo meio estranho pra mim agora.

FFObs: Chegamos ao fim. Gostariam de deixar algum recado?
Mariana: Gostaria de agradecer ao apoio incondicional das nossas leitoras! Vocês não têm noção do quanto nos fazem feliz. Também vou aproveitar pra ser linda e agradecer ao ffobs por ter me dado de presente a Piru, a melhor amiga que alguém pode ter! Viu como eu sou fofa? Hahaha Beijos, suas lindas!
Daniela: É verdade. Fanfic Obsession trouxe tanta coisa boa pra gente, principalmente amizades maravilhosas. Então obrigada ffobs, por me dar a melhor Penis do mundo hahahaha E pra quem ler isso, não esqueçam: mesmo se você não achar o que escreve a melhor coisa do mundo, continue, porque pode significar alguma coisa pra alguém. Não desistam mesmo. Beijinho, gatans.